domingo, fevereiro 06, 2005

Morreu Ernst Mayr


No dia 3 de Fevereiro de 2005 morreu o pai do conceito biológico de espécie, o responsável pela importante síntese entre mecanismos de evolução biológica e genética, um dos grandes cientistas e pensadores do século XX. Uma perda para a humanidade.

A obra de Mayr é gigantesta com mais 700 artigos e 20 livros publicados. No seu último ensaio, publicado na revista Science, no dia 2 de Julho de 2004, o cientista e pensador oferece-nos um olhar retrospectivo sobre a ciência da evolução:

Having reached the rare age of 100 years, I find myself in a unique position: I'm the last survivor of the golden age of the Evolutionary Synthesis. That status encourages me to present a personal account of what I experienced in the years (1920s to the 1950s) that were so crucial in the history of evolutionary biology.

O texto pode ser consultado no site:

http://www.sciencemag.org/cgi/content/full/305/5680/46

Obrigado, Ernst, por teres existido e por nunca teres desistido de procurar encontrar as peças do “puzzle” que nos ajudaram, hoje, a compreender um pouco melhor a vida e os seus mecanismos de evolução.

1 comentário:

Joao Soares disse...

Olá, Miguel
Particularmente e como biólogo sinto a perda de tão grnade vulto.Também coloquei um post sobre Mayr no meu blogue Bioterra.É muito importante dá-lo a conhecer e a muitas mais pessoas.
Um abraço ambio