sexta-feira, outubro 20, 2006

Pedra do tempo - Luanda

6 comentários:

WebWalker disse...

Atesta a importância do senso comum na vida quotidiana de muitas comunidades. Onde a ciência não chega, onde a sua linguagem permance indecifrável, as comunidades desenvolveram estratégias de perpectuar e valorizar os seus conhecimentos de geração em geração. Acontece em Luanda, Dili, Praia ou Lisboa...

Pedro Bingre disse...

No meio do caminho tinha uma pedra
tinha uma pedra no meio do caminho
tinha uma pedra
no meio do caminho tinha uma pedra.

Nunca me esquecerei desse acontecimento
na vida de minhas retinas tão fatigadas.
Nunca me esquecerei que no meio do caminho
tinha uma pedra
tinha uma pedra no meio do caminho
no meio do caminho tinha uma pedra.

(Carlos Drummond de Andrade)

aeloy disse...

Pois com informação da pedra estaríamos melhor. Já repararam que não há uma unica noticia dos semanários que não tenha sido desmentida, por ser uma redonda mentira (no meu blog tenho publicado umas postas sobre as mentiras dos média e seus autores!).
E hoje encontro a noticia fantastica que fala de agravamento do estado do tempo.
Agravamento.
Está tudo a brincar (I.M. ou jornais?) ou pensam que somos todos tolos.
Agravamento???
Mas em relação a quê?
Então não é normal chover e haver ventos nesta altura do ano? Felizmente, e para o campo ainda era preciso mais chuva, até ao S. Martinho pelo menos...

Anónimo disse...

Pedra? Como assim? Não seria um fragmento de rocha da previsão do tempo? Que estranho!!!
Imaginem...
No meio do caminho tinha um fragmento de rocha
tinha um fragmento de rocha no meio do caminho
tinha um fragmento de rocha
no meio do caminho tinha um fragmento de rocha...

Paula Soveral disse...

esta é deliciosa.... ;)

Riactiva disse...

Além de simples e funcional, parece ser bastante fiável :) pois nós ao longo do tempo só temos tido problemas com a nossa estação meteorologica :( A tecnologia só nos traz complicações a longo prazo...será que esta emite relatórios para telemóvel? LOL