sexta-feira, fevereiro 15, 2008

E enquanto os portugueses desconsideram o seu trabalho...

...ingleses participam num programa de voluntariado para o melhorar.


Resolvi fazer este novo post quando me chegaram mais estas fotografias em que finalmente se vê a passagem a partir do seu interior.

Independentemente de faltar o desenvolvimento da vegetação (e eu perceberia facilmente que se criticasse o ICNB por eventualmente não ter ainda obrigado a empresa a fazer as acções necessárias) parece óbvio o "desaparecimento" da estrada para quem circula nesta plataforma.

Mesmo em relação ao ruído (que não pode ser discutido a partir da fotografia) há um isolamento proporcionado pelos taipais em madeira que é bastante eficaz.

Repito o que já disse num comentário: o projecto desta passagem (bem como os de adaptação de outras que existem por outros motivos que não a fauna) foi precedido de uma viagem a França (o concessionário é maioritariamente francês) acompanhada de técnicos com experiência na construção de ecodutos, tendo sido visitados vários onde foram dissecadas as soluções que se tinham mostrado eficazes e aquelas que constituíam erros anteriores a evitar repetir.

Os mesmo técnicos foram co-responsáveis pela discussão de todos os detalhes destas passagens, incluindo a sua localização, nesta estrada, tendo havido um fortíssimo trabalho conjunto entre administração e promotor para encontrar no terreno as melhores soluções.

As fotografias são de um projecto de voluntariado com um grupo de ingleses que trabalharam uns tempos na melhoria da envolvente da passagem contribuindo para a sua naturalização e integração.

henrique pereira dos santos

3 comentários:

Henrique Pereira dos Santos disse...

Esqueci-me, imperdoavelmente, de dizer que as fotografias são uma cortesia do henrique pereira (que não sou eu).
henrique pereira dos santos

Victor Alves disse...

A passagem parece estar excelente, espero que seja um exemplo a seguir!
Não se pode ligar a essas vozes que sussurram diariamente na tv, essa gente é que não deve servir de exemplo para o país. Há pessoas muito mais inteligentes, competentes e com maior honestidade intelectual e social que não dão a cara, mas fazem um excelente trabalho na área em que estão.

pedro disse...

Fiquei impressionado! REalmente parece que não há estrada.