quarta-feira, novembro 26, 2008

Uma edição notável


É já no dia 2 de Dezembro que é feito o lançamento deste livro que tem milhares de horas de campo ao longo de vários anos na sua preparação e um notável trabalho final de edição.
Vi-o ontem na minha mão.
E garanto que o atlas das aves nidificantes de Portugal vale o que custa.
henrique pereira dos santos

5 comentários:

Anónimo disse...

Olá a todos
Já li a descrição no site do ICNB. Não percebi bem se só tem ilustrações ou se também inclui figuras.
Cumps
João

Henrique Pereira dos Santos disse...

Não sei se percebo bem a pergunta mas vou tentar responder.
O livro tens uns capítulos introdutórios (que têm figuras)e depois espécie a espécie tem um desenho original (vários desenhadores, escolhidos em concurso constituindo um fabuloso acervo), um texto e mapas de distribuição da espécie. Tem ainda uns capítulos finais, também com figuras, sobretudo mapas.
henrique pereira dos santos

Anónimo disse...

Olá a todos
Peço desculpa, mas escrevi isto à pressa.

O que queria perguntar era se a cada espécie correspondia uma ilustração e uma fotografia a cores. Mas já percebi que só inclui ilustrações.

Por vezes é-me mais fácil identificar as aves vendo fotografias, mas compreendo que fosse substancialmente mais caro comprá-las também.

De qualquer maneira, pela descrição que fez, parece-me que é um "livro obrigatório" para quem gosta de apreciar a natureza.

Obrigado pelos esclarecimentos
Cumps
João

Henrique Pereira dos Santos disse...

Caro João,
Seguramente este não é um guia de aves, pesa quatro quilos, tem mais de seiscentas páginas, não é portanto o instrumento ideal para identificação.
Dito isto tenho ideia de que a ilustração é mais vezes usada nos guias de aves que a fotografia exactamente por ser mais útil (mas volto a dizer que a ilustração do atlas não é uma ilustração técnica e varia de autor para autor e mesmo dentro do mesmo autor, no estilo).
Em qualquer caso não é pelo custo que não são usadas fotografias mas por ter sido essa a opção, do meu ponto de vista acertada para o que se pretende.
henrique pereira dos santos

Sergio disse...

Eu pessoalmente acho as ilustrações mais uteis na identificação de aves pois muitas vezes tem as diferentes variações de cores e de tons conforme a luminosidade e ate entre diferentes sexos e juvenis, o que em fotografias nao acontece.. mas claro isso deve variar de pessoa para pessoa...